Ranking - Regulamento

CORRIEDALE NO BRASIL


A raça Corriedale foi introduzida no Brasil na Década de 30. Até 1957 manteve-se estável no seu desenvolvimento.

Porém, após este ano se expandiu, demonstrando que a nova raça havia se adaptado perfeitamente nos campos do Sul e já se iniciava uma seleção dos rebanhos.

Hoje, passados muitos anos de sua introdução no País, é a principal raça ovina.

Segundo a ARCO-Associação Brasileira de Ovinos, os primeiros exemplares da raça Corriedale chegaram ao Brasil vindos do Uruguai e se destinaram ao Município de Herval, importação esta efetivada em 1927. Já com o Corriedale pisando os pampas gaúchos, em 1939, os Municípios de Bagé e São Gabriel trouxeram novos Exemplares. Posteriormente, no ano de 1946, novas importações aconteceram consolidando definitivamente o Corriedale no rebanho do Rio Grande do Sul.

Em 1957, o Corriedale tornou-se a raça mais importante do País. ”La Rabida”, de Pablo Santayana, foi a Cabanha Uruguaia que forneceu os primeiros Corriedales para o Brasil.

A Cabanha ”La Rabida”, tradicional na criação de ovinos do Uruguai, importava diretamente da Nova Zelândia e Austrália ventres e reprodutores para seus rebanhos. Quase que simultaneamente a Argentina também fazia importações de Corriedale. Os anos passaram e somente em 1946 o Brasil deu início a importação de Corriedale de origem neo-zelandeza.




Publicidade








Associação Brasileira de Criadores de Corriedale, Todos os direitos reservados. © Copyright 2010
Fone (55) 3232 58 55 - Rua Coronel Sezefredo, 287 - São Gabriel - RS - CEP 97300-000 | Desenvolvido por Fernovi